*Este blog não é canal oficial para nenhum grupo ou personalidade; não visa atrair nenhum indivíduo ou grupo para fazer parte de qualquer grupo. Liberdade, Soberania e Abundância ilimitada para todos. Confie na sua intuição e procure sempre a validação ou não das informações postadas aqui em outras fontes. Você é o único dono de sua Energia (corpo.mente.alma.emoções), da sua Vida e o único Senhor de Si Mesmo, com a bênção do seu Criador.*

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

PESs Monitoram Super Ondas Galacticas

Titulo orig.: SECRET SPACE PROGRAMS MONITOR GALACTIC SUPERWAVES & STUDY LAW OF ONE
Escrito por  DR MICHAEL SALLA   28.7.2015


No quinto capítulo da série ‘Cosmic Disclosure da Gaiam TV’, o  informante  Corey Goode revela como os programas espaciais secretos em que ele trabalhou entre  1987-2007 tinham  conhecimento de regiões da galáxia com "super-ondas" [“superwaves”] que acabariam em contato com o nosso sistema solar. Foi descoberto que as super-ondas eram constituídas por nuvens de  ’partículas vibratórias de energia’  [“vibrating energy particles” ] que impactariam o Sol, a Terra e a Humanidade de modos que levariam a profundas mudanças. A própria consciência humana seria diretamente impactada e nos levaria a uma evolução rápida para uma sociedade global avançada, ou nos levaria a autodestruição global como aparentemente já tinha acontecido no passado.

Goode diz que no final dos anos 1980 esferas gigantes começaram a aparecer em nosso sistema solar, também interessadas no fenômeno das super-ondas.  Essas esferas permaneceram em  modo de observação até 2011, quando tornaram-se operacionais. As esferas variavam em tamanho, desde o diâmetro da lua, até o tamanho de Júpiter. Elas foram estrategicamente posicionadas para agir como “amortecedores de ressonância” ["buffers"] das super-ondas galácticas, de modo que o Sol, e a Humanidade, não fossem sobrecarregados [ou melhor, energeticamente esmagados] conforme o nosso  sistema solar progressivamente entrasse na região afetada da galáxia.

A revelação de Goode que super-ondas galácticas foram secretamente descobertas e estudadas [pelos PESs] é a confirmação impressionante da obra do astrofísico Dr. Paul LaViolette que previu que super-ondas galácticas finalmente/certamente impactariam  nosso sistema solar. Em seu livro de 2006 Decoding the Message of the Pulsars, Dr LaViolette descreve pulsares estrategicamente localizados na galáxia que transmitiriam advertências sobre estas super-ondas que são geradas a partir do núcleo galáctico em ciclos que vão de 10.000 a 16.000 anos. LaViolette especula que estes pulsares foram construídos por uma civilização extraterrestre muito avançada, do Tipo III – uma que sabia como as super-ondas galácticas agem, e o seu impacto potencial sobre os sistemas solares e mundos. Uma civilização Tipo III na “Escala de Kardashev” é uma que trabalha com níveis de energia de escala galáctica, enquanto que uma civilização de Tipo II pode fazer o mesmo em um nível estelar, enquanto uma civilização Tipo I pode fazer de forma semelhante a um nível planetário. Isto sugere que os responsáveis ​​pelas esferas gigantes em nosso sistema solar - a Aliança das Esferas - são no mínimo, uma civilização do Tipo III.

No resto da entrevista [deste episodio] com David Wilcock Goode descreveu a evolução da consciência e como os ensinamentos da "Lei do Um" são essencialmente corretos em afirmar a implícita unidade subjacente da consciência e de toda a vida. Goode já havia revelado que a “Lei do Um” é leitura obrigatória para muitos grupos nos programas espaciais secretos:

Era... fato que certos grupos nos PESs e nos ‘Sindicatos’ dos governos da Terra [grupos cabal, grupos iluminatis] eram obrigados a ler a Lei do Um e [também] as revelações ‘Seth’, ao mesmo tempo em que trabalhavam para desacreditar estas informações junto ao publico como sendo “operações psicológicas disfarçadas como falsas canalizações” [PsyOp Channelings]  (que diz muito em si) [FAQ48].

[https://en.wikipedia.org/wiki/Psychological_Operations_(United_States)]

Goode revela que o presidente Eisenhower, de fato, reuniu-se com delegações extraterrestres em meados dos anos 1950 preocupadas com o desenvolvimento de armas nucleares, como alegaram também uma série de outros denunciantes. Goode  continua a descrever a sua conexão pessoal com os ‘Azuis’ [BlueAvians] que tem colaborado com a Aliança Programa Espacial Secreto – Aliança PES na criação de um "evento de divulgação completa" [“full disclosure event”].

A explicação de Goode de como a consciência co-criativa da Humanidade é usada contra ela mesma pelas elites governantes vale a pena ouvir, assim como a importância da mensagem central entregue pela Aliança dos Seres das Esferas.

O que eu achei mais valioso neste episódio  foi a revelação de Goode sobre as super-ondas e como ambos, os programas espaciais secretos e a Aliança das Esferas tornaram-se  cientes destas [ondas energéticas] décadas atrás. Segundo um comunicado de Goode em 18de julho[2015] as esferas gigantes que pertencem a Aliança das Esferas basicamente já completaram a sua missão e devem ir embora em breve.  Isto sugere que vamos muito em breve estar enfrentando a força total dessas super-ondas, o que deve trazer a tona o que a Humanidade possui de melhor e pior dependendo de quão bem preparados estamos. Este novo episódio vai ajudar o espectador com relação a importância de dar passos firmes para se preparar para eventos relacionados a esta super-onda, para a qual os programas espaciais secretos têm se preparado silenciosamente por décadas.

© Michael E. Salla, Ph.D. Aviso de direitos autorais

Leitura Adicional
 [Nota: Os dois primeiros episódios de Divulgação Cósmica estão disponíveis gratuitamente no site da TV Gaiam. O primeiro episódio está no Youtube (ver abaixo). Para assistir toda a temporada de Divulgação Cósmica, você precisa se inscrever na Gaiam TV. Se você se inscrever atravésdeste link, uma parte da sua assinatura mensal irá para apoiar Corey Goode conforme ele avança com suas revelações. Seu site está aqui.]

***

Tradução, comentários [  ]  e postagem de contato estelar.