Este blog não é canal oficial para nenhum grupo ou personalidade. Não busca atrair nenhum indivíduo ou grupo a fazer parte de qualquer grupo. Liberdade, soberania e abundância ilimitada para todos. Confie na sua intuição e procure sempre a validação ou não das informações postadas aqui em outras fontes. Você é o único dono de sua Energia - corpo-mente-alma-emoções - de sua Vida; e o Único Senhor de Si Mesmo, com a bênção do seu Criador/Criadora.

segunda-feira, 28 de maio de 2018

(2/4) 10 Insiders de Programas Espaciais Secretos.

= 10 Supostos Insiders de Programas Espaciais Secretos =

10 Supposed Secret Space Program Insiders
Samuel Popejoy January 24, 2018
http://listverse.com/2018/01/24/10-supposed-secret-space-program-insiders/


Tradução de contato estelar:

No decorrer do último século, a imaginação pública tem sido ao mesmo tempo fascinada e aterrorizada com a perspectiva de envolvimento extraterrestre nos assuntos humanos. Desde que surgiram rumores de que a secreta Sociedade Vril na Alemanha tinha conseguido 'canalizar' seres de outras estrelas em estado de transe, e foram revelados projetos do que pareciam ser discos voadores nazistas, o mundo ficou obcecado com a ideia de comunicação com extraterrestres. Com o acidente de Roswell em 1947 e o subsequente surto de avistamentos de OVNIs e aparentes abduções que começaram a ocorrer pouco tempo depois, a mente coletiva tornou-se inextricavelmente focada na ideia de ETs e sua potencial interação com a humanidade.

Ao longo dos anos, dúzias de supostos insiders se apresentaram com histórias de energia livre, OVNIs construídos com engenharia reversa, colônias secretas de escravos, antigravidade e encobrimentos governamentais que, se alguma vez se provassem verdadeiros, provocariam mudanças drásticas e irrevogáveis na vida deste planeta para cada um dos seus habitantes. O advento da tecnologia de energia livre por si só colocaria um fim permanente à pobreza e à fome, libertando a humanidade do domínio de uma elite tirânica e corrupta que lhes impôs guerras após guerras.

Enquanto alguns diriam que um esforço sigiloso tão monumental para explorar o espaço e pesquisar OVNIs seria impossível ser mantido sob sigilo, é importante lembrar que ninguém sabia sobre o Projeto Manhattan até que as primeiras armas nucleares foram detonadas sobre o Japão, e também não sabiam sobre a Operação Northwoods, a conspiração para encenar ataques terroristas em solo americano para justificar a invasão de Cuba até que a documentação pertinente foi desclassificada. [1] Embora muitos dos depoimentos a seguir possam parecer completamente inacreditáveis, a suposta existência de programas espaciais sigilosos é um segredo que esses dez indivíduos se arriscaram para expor.

10: Bob Lazar


     Embora Bob Lazar nunca quisesse realmente ser agraciado pela comunidade OVNIs, ele continua sendo o homem que despertou o interesse popular na secreta base militar de Nevada conhecida como Área 51. [2] Em 1993, Lazar tornou-se um dos primeiros supostos insiders a romper o véu do sigilo, motivado pelo que ele descreveu como preocupações sobre a maneira como o assunto OVNI estava sendo tratado. Lazar afirma ter diplomas avançados em eletrônica e física pela CalTech e MIT, embora ambas as instituições insistam que não têm registros de sua participação. Um antigo catálogo telefônico parece corroborar a afirmação de Lazar de que ele já trabalhou em Los Alamos, embora quaisquer registros oficiais de emprego, junto com seus registros de nascimento no hospital, tenham desaparecido sem deixar rasto.


Lazar relata que ele fazia parte de uma equipe de cientistas designados para a base secreta ao norte de Las Vegas, conhecida como S4. Seu trabalho nessa base camuflada construída na encosta arenosa consistia em inspecionar espaçonaves extraterrestres capturadas para fins de engenharia reversa. Seu esquema do OVNI, que ele chama de "modelo esportivo", se parece com a forma arquetípica do disco replicada em milhares de brinquedos e filmes. No decorrer de sua pesquisa, Lazar descobriu que o modelo esportivo, junto com as outras naves em forma de pires que ele inspecionava, pareciam ser impulsionadas por ondas amplificadas de gravidade.

Bob não se arrepende de ter vindo a público, mas hoje em dia, ele está mais focado em sua empresa de fornecimento científico e consultoria do que em divulgar sobre extraterrestres. Ele e sua esposa agora vivem nas montanhas para evitar fanáticos por OVNIs e não estão de forma alguma tentando capitalizar com suas incríveis alegações. Curiosamente, parte de sua revelação de 1993 foi a afirmação de que os motores antimatéria nos OVNIs que ele inspecionou rodavam em algo chamado elemento 115. Esta parte de sua história parecia pura ficção até que os cientistas conseguissem sintetizar o elemento 115, também conhecido como Moscovium, em um laboratório em 2003.


09: William Tompkins


     Alguns conheciam o falecido William Tompkins como um ávido construtor de maquetes de navios. Outros estavam cientes de seu trabalho como diretor corporativo da North American Advanced Space Research e como membro do "Red Team" na General Dynamics Corporation. No entanto, alguns pesquisadores se importam menos com a ilustre carreira de Tompkins no setor aeroespacial e mais sobre as alegações que ele fez sobre seu envolvimento em um programa espacial secreto.

De acordo com Tompkins, que escreveu um livro detalhando suas experiências na Inteligência Naval, ele foi recrutado antes mesmo de terminar o ensino médio para coordenar os sistemas de comunicações extraterrestres. [3] Tompkins também afirmou ter projetado mais de 16 modelos de naves espaciais para a Marinha em seu primeiro emprego no "think tank", algumas dos quais aparentemente ainda estão em uso ainda hoje. Ele acreditava que as civilizações extraterrestres tem se intrometido nos assuntos humanos por milênios, com algumas facções nos explorando para fins de guerra e outras tentando acelerar nossa evolução. Tompkins morreu em 21 de agosto de 2017, no meio do primeiro eclipse solar total visível na América do Norte em 99 anos.


08 : Bob Dean


     A vida de Bob Dean mudou para sempre quando um coronel da Força Aérea colocou bruscamente um documento de 20 centímetros de altura em sua mesa e disse: “Aqui, leia isto. Isso vai te 'despertar'. ”[4] Pelo menos, é o que Dean diz que aconteceu numa noite sonolenta na Sala de Guerra da OTAN durante seu serviço como sargento entre 1963 e 1967. Geralmente reservado para os olhos daqueles que detêm credenciais, no mínimo, “Cosmic Top Secret”, o documento que Dean afirma ter testemunhado, detalhava três anos de investigação da OTAN sobre o fenômeno OVNI, empregando os serviços de físicos, astrônomos, sociólogos e teólogos. De acordo com Dean, o documento concluiu que os extraterrestres não eram uma ameaça à humanidade e visitavam a Terra há centenas de anos.


Em sua carreira como ufologista profissional, Dean procurou corroborar essas alegações apontando casos de objetos parecidos com discos em antigos desenhos em cavernas e peças de arte clássicas. Embora esteja confirmado que ele serviu seu país por décadas nas forças armadas, muitos contestaram as afirmações não substanciadas de Dean sobre seu acesso ao relatório da OTAN. Esses ataques contínuos à sua credibilidade não impediram Bob de fazer parte do circuito de Convenções sobre OVNIs e aparecer em várias entrevistas.


07: Steven Greer


     Steven Greer tornou-se uma das vozes mais importantes a exigir a completa divulgação sobre contato extraterrestre. Esse ex-cirurgião tinha outros planos em mente quando começou a explorar o fenômeno OVNI. Aceitando a suposição em tenra idade de que os extraterrestres estavam visitando a Terra, ele queria ser a pessoa que organizaria o aparato diplomático que interagiria com esses misteriosos visitantes. Mas décadas de petições a importantes legisladores e agentes de poder em Washington, comparecendo ao National Press Club, e servindo como fonte principal para o recente documentário sobre OVNIs "Unacknowledged", empurraram Greer firmemente para o centro das atenções como um antagonista dedicado ao alegado encobrimento extraterrestre.

Ao longo de sua carreira, Greer reuniu-se com dezenas de supostos membros do programa espacial secreto, adquiriu milhares de documentos para respaldar suas reivindicações e fundou duas organizações para promover a liberação de tecnologias secretas e a divulgação de contato ET. Greer afirma que entre nas tecnologias obtidas de naves alienígenas que caíram está o segredo da energia livre, que ele afirma ter sido mantida longe do público devido aos imensos lucros obtidos com a venda de petróleo, carvão e gás natural. Greer pediu repetidas vezes aos membros do alto escalão do governo dos Estados Unidos que divulgassem o que sabiam sobre os extraterrestres até concluir que a informação pertinente estava sendo ocultada até mesmo do presidente dos Estados Unidos.

Desde então, ele redobrou seus esforços na popularização do fenômeno ET entre o público e apareceu em documentários como "Sirius" e "Unacknowledged". Uma das afirmações mais bizarras que Greer faz no último filme é que Marilyn Monroe não morreu de overdose de drogas, mas estava prestes a realizar uma coletiva de imprensa divulgando tudo o que aprendeu com John e Robert Kennedy sobre OVNIs e foi silenciada antes que ela pudesse revelar seus segredos.


06: Luis Elizondo


     Em 16 de dezembro de 2017, o The New York Times publicou um artigo chamado “Auras brilhantes e 'Dinheiro Negro': O Misterioso Programa OVNI do Pentágono.” [“Glowing Auras and ‘Black Money’: The Pentagon’s Mysterious U.F.O. Program.”]  Esta investigação do jornal de maior prestígio da América centrou-se em torno de um vídeo OVNI desclassificado pelo Departamento de Defesa e o testemunho de Luis Elizondo, ex-diretor do “Programa de Identificação de Ameaças Avançadas” do Pentágono [Pentagon’s Advanced Aerospace Threat Identification Program].

Vídeo:
Gimbal: The First Official UAP Footage from the USG for Public Release
https://www.youtube.com/watch?v=tf1uLwUTDA0


O curta-metragem de um jato de combate da Marinha parece apresentar um objeto em forma de pires voando acima das nuvens antes de girar abruptamente para os lados. Já que o OVNI estava combinando com a velocidade do jato filmado, as forças G envolvidas em tal manobra teriam sido muito mais do que um piloto humano seria capaz de suportar. No entanto, Elizondo acredita que há provas contundentes de que o piloto [do OVNI] poderia não ser humano.

Supostamente fechado em 2012, o “Programa Avançado de Identificação de Ameaças Aeroespaciais” [Advanced Aerospace Threat Identification Program] era encarregado de localizar OVNIs nos céus e aparentemente também estava envolvido na recuperação de naves caídas/abatidas. Em entrevista à CNN, Elizondo afirmou que ele tinha visto o suficiente durante o seu mandato no Programa para estar convencido de que os seres humanos não são a única vida inteligente no universo [6]. Depois de deixar o Pentágono em outubro de 2016, Elizondo se juntou a Hal Puthoff, Steve Justice, Chris Mellon e Tom DeLonge como membro central de uma iniciativa recém-fundada chamada "To The Stars Academy".


05: Tom DeLonge


     Pode ser simplesmente impossível parar de associar Tom DeLonge com o hit punk-pop de 1999 “All the Small Things” e títulos de álbuns como Take Off Pants e Jacket, mas esse ex-vocalista do Blink-182 tem coisas ainda maiores em mente do que a banda que definirá a geração milênio pelas próximas décadas. Tom é o fundador e CEO da "To The Stars Academy", uma iniciativa única que busca combinar entretenimento e divulgação alienígena em um mesmo pacote. [7] Ele atraiu um bando de contribuidores respeitáveis para sua causa e tem algumas histórias interessantes para contar sobre o caminho que o levou de estrela do rock de renome mundial para aspirante a concorrente da NASA.

De acordo com DeLonge, seu interesse em OVNIs remonta aos seus dias de Blink-182, quando ele passaria cada momento livre que ele tinha procurando na Internet por evidências que provassem a existência de extraterrestres inteligentes. Esse interesse amador de alguma forma evoluiu para o contato real com agências governamentais e, em pouco tempo, DeLonge estava visitando o Pentágono e viajando pelo país para se reunir com vários generais e interesses privados. Parecia que o complexo industrial militar dos Estados Unidos decidira começar a revelar informações sobre OVNIs e queria usar DeLonge como o rosto de sua divulgação.

Basta dizer que a recepção pública da mudança na carreira de DeLonge foi diversa. Aqueles que pensam que ele está dizendo, pelo menos parcialmente, a verdade, temem que toda a sua iniciativa possa ser algum tipo de campanha de desinformação do governo. E embora ainda existam aqueles que pensam que ele está se recuperando, essas vozes se tornaram mais silenciosas com a adição de nomes cada vez mais distintos às fileiras da equipe do "To The Stars" e o lançamento do recente tema OVNI em Artigo do NYT que ele teria ter previsto semanas antes. De acordo com DeLonge, o vídeo da Marinha [o vídeo acima] divulgado com o artigo é “apenas a ponta da lança”, com muitas outras revelações por vir.


04: Richard Doty


     A comunidade de pesquisadores sobre OVNIs tem bons motivos para temer agentes desinformantes em suas fileiras. Durante anos, Richard Doty teve o hábito de se aproximar dos ufólogos e supostos contatados e apresentar uma proposta. Dizendo que ele teria [uma parceria] com o governo, ele então ofereceria todos os segredos sobe os OVNIs em troca de cooperação. [8] Embora os efeitos dessa campanha de desinformação pareçam ter sido inofensivos, uma das famosas vítimas de Doty foi Paul Bennewitz, engenheiro eletrônico que morava perto da base onde Doty estava vivendo. Ao longo dos anos, Doty e sua equipe alimentaram o buscador de OVNIs Bennewitz com mentira após mentira até que ele sofreu um completo colapso mental.

Ainda não se sabe se Doty era pura enganação ou se algumas de suas informações podem ter sido baseadas na verdade. Seu testemunho no documentário "Unacknowledged" parece indicar que ele estava de fato ciente da existência de quedas reais de OVNIs e tecnologias de engenharia reversa capazes de levar os seres humanos para os confins do espaço. Mas vindo da boca de um vigarista profissional do governo, tudo o que Doty diz é certamente suspeito.


03: Karl Wolfe


     Embora seja difícil obter provas concretas de visitação extraterrestre ao planeta Terra e da existência de missões espaciais secretas do governo, essa escassez de fatos pode ser mais devido à interferência do governo do que a falta real de documentação. Segundo Karl Wolfe, um ex-sargento da Força Aérea que trabalhava na Administração de Segurança Nacional, as fotografias tiradas em órbita antes do pouso lunar de 1969, que mostravam uma vasta base no lado escuro da Lua, foram destruídas por elementos da NASA, da NSA e da Força Aérea dos EUA.

[9]De acordo com Wolfe, a ele foi mostrada, em confiança, uma única foto da base, por um superior durante seu trabalho na NSA. Embora ele estivesse devidamente impressionado com as implicações da foto, ele ficou mais preocupado do que animado. Ele sabia, como um agente de inteligência treinado, que o que ele vira nunca seria para ele ter visto e que a própria existência de tal fotografia colocava em risco a vida de qualquer um que a testemunhasse.


02: Edgar Mitchell


     Edgar Mitchell da Apollo 14 era famoso por ser o sexto homem a andar na Lua.  Mas Mitchell tornou-se um pouco de um constrangimento para a NASA um pouco depois, quando suas paixões pela meditação, espiritualidade e cura alternativa o levaram aos braços da comunidade ufológica, e a [divulgação da] informação secreta com a qual ele supostamente havia sido confiado começou a se espalhar.

Antes de sua morte em 2016, Mitchell afirmou que o incidente de Roswell não era apenas um exemplo real de uma espaçonave alienígena derrubada, mas as entidades extraterrestres que caíram ali estavam observando testes militares de armas nucleares.

Mitchell revelou ao mundo em uma entrevista à Kerrang em 2008 que o encobrimento do governo sobre visitação extraterrestre e tecnologias de exploração espacial derivadas de OVNIs recuperados haviam começado com o acidente de Roswell e continuam até os dias atuais. [10] Ele alegou ter recebido esta informação devido a sua posição como astronauta da Apollo. A Nasa foi rápida em desmascarar suas afirmações, mas ao fazê-lo, a agência espacial parece se explicou demais. Mitchell nunca afirmou que a NASA estava envolvida no encobrimento de OVNIs mas a NASA fez questão de afirmar que eles não estavam envolvidos em tal atividade. Mitchell também nunca afirmou que a NASA rastreava OVNIs, mas a agência espacial ainda sim achou necessário esclarecer que essa não era uma das suas funções.

Mitchell concordou com as alegações feitas por outros supostos insiders de que a principal razão pela qual os OVNIs estão sendo encobertos não é evitar o pânico, mas sim suprimir as tecnologias que alimentam essas naves. Quando confrontado com a majestade do espaço exterior durante sua missão Apollo, Mitchell experimentou um profundo despertar espiritual que, sem dúvida, contribuiu para seu desejo de compartilhar o que sabia com o público.


01: Corey Goode


     Se dez por cento do que Corey Goode alega acabar sendo provado como verdade, a humanidade está destinada a um brutal despertamento. Goode tem participado do circuito de Convenções de ufologia desde 2015 para compartilhar sua mensagem única. Considerada 'transformadora de vida' para aqueles que acreditam [em suas afirmações] e infinitamente divertida para aqueles que não acreditam no que ele diz, o testemunho de Goode inclui afirmações de que ele foi recrutado para um programa espacial secreto na adolescência e serviu por 20 anos em uma filial espacial da Marinha dos EUA. Durante o seu trabalho, ele supostamente teve acesso a fontes de informação com informações sobre a história humana muito diferente daquelas com as quais estamos familiarizados.

Ele alega que a Antártida está completamente repleta de ruínas antigas e que tecnologia alienígena está enterrada logo abaixo do gelo. [11] Ele prossegue afirmando que esse continente gelado costumava abrigar refugiados extraterrestres que procriaram com humanos para criar uma raça superior que já governou o planeta. Os que se perguntam se alguma dessas alegações fantasiosas podem conter um grão de verdade não terão de esperar por uma confirmação: Goode e o pesquisador esotérico David Wilcock afirmam que um evento de revelação completo está chegando em breve que irá reformular completamente nosso entendimento da história e o papel que o planeta Terra desempenha no universo mais amplo.

***

Tradução de contato estelar


Um excelente resumo (principalmente para os recém chegados), que como sempre, pode ser repostado em todos os canais de mídia.


*